sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

As coisas.

Felicidade é olhar pra dentro e gostar do que vê.
Deus é quando a gratidão é maior que a gente.
Nostalgia é quando a saudade fica triste.
Arte é uma extensão não-material de cada um.
Perdão é lealdade.

Fazer o bem é nossa obrigação.
Hipocrisia é fingir que não se tem auto-crítica.
Sinceridade é acreditar no que se diz.
Carta é querer ser lembrado por alguém.
Crueldade é burrice.

Rispidez é medo de ceder e acabar sofrendo.
Imagem é mais importante pra gente que pros outros.
Dor só pode ser entregue e retirada do próprio reflexo.
Inveja é pena de si mesmo.
Amor é tudo.

Amigo é o dono do abraço que parece ser o mundo todo.
Fotografia é vontade de lembrar que valeu à pena.
Problema existe só na nossa cabeça.
Casa é onde o silêncio é algo reconfortante.
Magia é real.

3 comentários:

gabriela marques. disse...

Magia tornou-se real em tuas belas palavras, flor.
Fico a refletir no meu silêncio caseiro... aonde aproveito um fim de dia, lendo tuas belas palavras defronte ao meu computador...

Imenso beijo, ótimo fim de semana.

thatiix disse...

Carta é querer ser lembrado por alguém.

FUDEU NUM TE ESQUEÇO NUNCA !

Bruno Ambrozi disse...

Vi que comentou no meu blog, fiquei feliz... vou seguir o seu! se quiser seguir o meu tbm. beijos...
gostei do texto.